oportunidade

As oportunidades profissionais nas redes sociais

por Caio Lauer

Recentemente, o Facebook anunciou a marca de 500 milhões de usuários ativos em todo o mundo. Este é apenas um exemplo do poder e da influência que as redes sociais têm atualmente em todas as regiões e culturas do mundo. As empresas, antenadas nesta onda que veio para ficar, enxergaram nestes meios digitais a oportunidade de criar canais de relacionamento com clientes e divulgação de produtos e serviços. É deste contexto que surge o profissional dedicado exclusivamente às mídias sociais.

Cargos relacionados especificamente nas redes já são mais comuns hoje em dia. De dois anos para cá, diversas funções foram criadas nas corporações, como analista de redes sociais, editores, responsáveis pela qualidade de posts (avaliam quais irão ou não para o ar) e ocorreu toda uma estruturação específica para esse segmento. Uma pesquisa feita no Brasil pela Deloitte, empresa de auditoria e consultoria empresarial, sobre a área apontou que as mídias sociais, como Facebook, Twitter e Orkut, estão presentes em 70% das empresas.

Edney Souza

Apesar do “boom” deste setor, o mercado ainda não está totalmente maduro em relação a posicionamento de cargos e salários, mas com a importância e tamanho que as comunidades virtuais estão tomando na vida das pessoas e do mercado, isto tende a se concretizar e se perpetuar. “Temos analista de mídias sociais e gerente de mídias sociais, basicamente são profissionais de comunicação com foco em relacionamento na internet. É bem provável que esses cargos sejam renomeados num futuro próximo”, aponta Edney Souza, Diretor de Operações da Polvora! Comunicação.

E qual o papel desses profissionais, afinal? As aptidões necessárias para desempenhar as funções são a facilidade de comunicação, ser sociável, experiência no uso das ferramentas para uso pessoal e conhecimento dos riscos da má utilização no ambiente corporativo. O analista de mídias sociais, cargo mais usual da área, cuida da presença da marca nas redes sociais, escreve posts, responde comentários, monitora menções da marca e intermedia as conversações da empresa com seus consumidores e público alvo. No site da Catho Online, em 17/09/10 foram identificadas mais de 100 vagas para a função, com faixa salarial de R$ 510 a R$ 2.700.

Termos: ,

Bookmark e Compartilhe

Foco nas oportunidades (Parte VI: O mercado e a sociedade)

Compras de última hora

Há épocas do ano em que sempre questionamos o motivo pelo qual as pessoas deixam as compras de datas especiais para a última hora. Seja qual for a comemoração, fazemos questão de comprar a “lembrancinha”, mas não é comum evitar apertos e minimizar os riscos com uma compra antecipada. Geralmente ficamos horas na fila, reclamamos do calor e nem sempre saímos com a opção que havíamos planejado, já que, na última hora, até as opções são limitadas.

Então, por que insistimos tanto em manter esse comportamento? Quais seriam as características culturais que nos fazem agir somente na última hora? Mas, também, quais seriam as consequências e as oportunidades que podem surgir com essa falta de planejamento? De fato, não há como dizer que não sabíamos dos riscos ou que a correria do nosso cotidiano seja o principal responsável. Sabemos que esse comportamento vem de muito tempo e passa de geração em geração.

“Isso é um absurdo! Inacreditável! Que falta de bom senso! Shoppings lotados e trânsito lento”. Muitos podem enxergar apenas os problemas. Mas, acredite! Há grandes oportunidades nesse cenário. Em minha opinião, os pessimistas gostam de buscar soluções pelo caminho, talvez, mais curto, porém complicado. Nossa! Por que todos não se antecipam?”. Será que desejar a mudança de uma sociedade inteira é o melhor caminho?

Termos: ,

Bookmark e Compartilhe

Receba as publicações no seu e-mail

Eventos

  • Nenhum evento encontrado

Arquivo de publicações

Não há restrição quanto ao uso e reprodução dos artigos aqui publicados, desde que as fontes e seus respectivos autores sejam preservados. © 2017 Quintal Virtual